Blog

AS ÚLTIMAS NOVIDADES E O MUNDO DOS NEGÓCIOS

15 de junho de 2018
por Office Inn em Escritórios compartilhados

5 coisas que você precisa saber sobre escritórios compartilhados

A ideia de compartilhar espaços de trabalho para reduzir custos é mundial e tem crescido muito nos últimos anos. Para se ter uma ideia, no intervalo de cinco anos entre 2011 e 2016, as empresas de coworking saltaram de pouco mais de dez para 240 no nosso país, segundo dados da Coworking Brasil, uma entidade que representa esse setor por aqui.

A oportunidade de se relacionar com profissionais de outras áreas e de gastar menos com aluguel e outros custos ao compartilhar o ambiente de trabalho vem atraindo muitas pessoas. Porém, nem todos os profissionais estão preparados para migrar para esse modelo, por uma simples razão: o desconhecimento, que gera alguns conflitos em relação a experiências prévias e esse princípio colaborativo – que de modismo, não tem nada. O post de hoje é dedicado aos novos entusiastas dos escritórios compartilhados e busca apresentar 5 questões não precisamente inéditas, mas essenciais para quem vai começar em um espaço de coworking. São elas:

A rede de contatos vai crescer

Sim, essa é uma das principais motivações de quem busca escritórios compartilhados para trabalhar. Enquanto o home office favorece o isolamento, os coworkings criam oportunidades perfeitas para conhecer e interagir com profissionais das mais variadas áreas – e, muitas vezes, de atividades complementares à sua. Recomendações, ajuda mútua e parcerias são alguns resultados desse bom netowrking.

Quem quer privacidade, também encontra seu lugar

Para muitas empresas, ter um escritório próprio não é algo simples, nem barato. Por isso, as salas privativas surgem como uma ótima alternativa para preservar o capital inicial. E, muito melhor do que alugar uma sala comercial, os escritórios têm toda a infraestrutura necessária ao desenvolvimento de inúmeras atividades, além de serem ideais para quem precisa de silêncio e concentração, ou tem uma rotina de muitas reuniões, visitas e decisões a tomar.

Segurança é palavra de ordem

Os coworkings são altamente comprometidos com a segurança das informações e a confidencialidade de seus clientes. A atmosfera menos sisuda dos escritórios compartilhados (em comparação aos moldes tradicionais) não é motivo para que a administração não seja perfeitamente criteriosa.

Respeito acima de tudo

Compartilhar o espaço de trabalho com outros profissionais não é sinônimo de falta de respeito a questões individuais, nem de bom senso. Na prática, o que se percebe é que profissionais e empresas que migram para esse modelo têm uma preocupação extrema com foco e execução. Eles aproveitam o cenário para fortalecer as relações profissionais e conquistar novos parceiros, enquanto o dia a dia segue a todo vapor, com produtividade máxima.

Economizar é inevitável

Migrar para um escritório compartilhado é reduzir despesas fixas ao menos pela metade. Sem custos com aluguel, mobiliário, infraestrutura de TI e profissional de secretariado – só para citar algumas –, sobra dinheiro para investir na própria ideia do negócio. Também há um sensível ganho de tempo, uma vez que, para passar a trabalhar em um coworking ou similar, basta decidir quando começar, uma vez que todo o restante estará pronto esperando por você.

"Estamos muito satisfeitos com os diversos serviços que atendem as 19 pessoas de nossa equipe. O grande diferencial que vemos no Office Inn é o atendimento, são pessoas muito profissionais e extremamente atenciosas. Respostas rápidas e sem burocracia fazem com que nós nos preocupemos apenas com o negócio da empresa."

Ronei Pasquetto Gomes
INFORMAÇÃO RÁPIDA

Saiba tudo sobre

Espaços e serviços adaptados as suas necessidades

NÃO FIQUE PARADO, MONTE SEU COMBO
MONTAR MEU COMBO