Blog

AS ÚLTIMAS NOVIDADES E O MUNDO DOS NEGÓCIOS

24 de janeiro de 2020
por Office Inn em Geral

Os 6 maiores ladrões do seu tempo e como eliminá-los

Facebook, Instagram e um pensamento comum: “eu tenho bastante tempo, qual é a pressa?”. A procrastinação é algo reservado a todas as pessoas – até mesmo às pessoas mais inspiradoras. Os super bem-sucedidos não são assim porque nunca procrastinaram, mas porque superaram. Possivelmente, o desejo de crescer e prosperar, fazendo valer cada minuto do tempo útil, foi maior do que tudo.

A boa notícia é que é totalmente possível superar e mudar hábitos. Mas, em primeiro lugar, é preciso conhecer os principais ladrões do seu tempo. No post de hoje, levantamos aqueles que mais costumam surgir ao longo do dia de trabalho. Confira:

Dependência de mídias sociais

As mídias sociais representam a procrastinação que muitos não percebem. São viciantes, criadoras de hábitos e podem até se disfarçar de trabalho em alguns casos. Não caia nessa.

A solução: agende um horário para acessar suas mídias sociais, assim como faria com uma reunião. Use um cronômetro, se necessário. Se o seu trabalho for justamente as mídias sociais, ignore as notificações (especialmente as de seus perfis pessoais) até estar com o trabalho feito.

Problemas pessoais

Filhos, família, amigos – seja o que for, sempre há algo acontecendo, para todos, na esfera pessoal.

A solução: o cérebro é teimoso e não permitirá que o trabalho seja feito com qualidade e prazo enquanto uma questão pessoal estiver incomodando. Por isso, não ignore seus sentimentos. Uma boa maneira de dar uma folga aos pensamentos é anotar suas questões pessoais de modo a reconhecer os incômodos, estabilizar a energia gasta com eles e organizá-los para que sejam resolvidos posteriormente. Feito isso, a missão é focar no tempo presente.

Você não gosta do que faz

É triste, mas é verdade: a maioria das pessoas acaba procrastinando quando seus empregos as fazem querer se esconder debaixo das cobertas. Se você se ressente de sua lista de tarefas todos os dias ou se “emociona” pouco com elas, é hora de ser realmente honesto consigo mesmo: você não gosta do que faz? Você realmente se ressente de seu trabalho? Descubra o que especificamente está fazendo com que as coisas sejam adiadas, tentando chegar à raiz do porquê.

Se é apenas um certo tipo de tarefa que desperta esse sentimento, uma das dicas mais úteis e sólidas é: faça essa tarefa primeiro, antes de tudo.

Notificações em excesso

É uma condição séria que permite que um procrastinador justifique não fazer o que precisa ser feito todos os dias porque seu telefone está “como se estivesse explodindo”.

A solução: ative o modo não perturbe. É realmente ótimo estar disponível e responder todas as notificações que entram, mas não à custa do que precisa ser feito. Afaste as distrações porque, afinal, você é o chefe do seu telefone.

Interrupções gerais

Quem trabalha remotamente enfrenta alguns desafios únicos quando se trata de interrupções. Por um lado, você controla seu tempo e conectividade, e pode desligar as interrupções digitais à vontade. Por outro lado, crianças, animais, campainha, telefone, pausa para o café. Não importa onde você trabalhe, sempre haverá interrupções para favorecer uma saída do escritório e uma ótima desculpa para adiar o trabalho.

Independentemente de quem você é ou o que faz, tenha sempre em mente que quem está no comando é você. Se as interrupções o impedem de trabalhar, aqui está o verdadeiro problema: você está permitindo que elas atrapalhem seu trabalho.

A solução: diga que você não tem tempo para uma reunião que realmente não é necessária e fale sério. Contrate um passeador de cães, estabeleça horários para o café. Faça o que for necessário para gerenciar essas interrupções. Lutar contra a procrastinação, na maioria das vezes, não é um exercício de força de vontade. É um exercício de dizer não com confiança e concordar em estabelecer limites.

Medo

O medo nos paralisa, fazendo-nos sentir muitas vezes pequenos e incompetentes. Assim, adiamos, nos escondemos e perdemos boas chances. O medo entra em nossas vidas e sua presença pode ser vista como procrastinação e preguiça, quando, com muita frequência, há um monstro mais profundo à espreita. Se mesmo tentando muito ainda é impossível sair do lugar, vale buscar ajuda psicológica para encontrar o verdadeiro motivo que leva a isso.

Conclusão: seja honesto com você mesmo

Somos mestres em nos manipular. Quando se trata de justificar o que usamos para adiar o trabalho, ninguém faz isso melhor do que nós mesmos. Afie seus filtros para a procrastinação e comece a ser realmente honesto consigo mesmo ao notar velhos hábitos vindo à tona.

Anote seus planos, imagine ativamente o que deseja e lembre-se do motivo. A paixão pela realização é um dos melhores antídotos para a procrastinação, e o movimento para a frente é um golpe mortal no adiamento de suas tarefas e metas. Siga em frente e nunca ofereça sua energia a algo que não colabore com o atingimento de suas metas diárias.

"Estamos muito satisfeitos com os diversos serviços que atendem as 19 pessoas de nossa equipe. O grande diferencial que vemos no Office Inn é o atendimento, são pessoas muito profissionais e extremamente atenciosas. Respostas rápidas e sem burocracia fazem com que nós nos preocupemos apenas com o negócio da empresa."

Ronei Pasquetto Gomes
INFORMAÇÃO RÁPIDA

Saiba tudo sobre


    Espaços e serviços adaptados as suas necessidades

    NÃO FIQUE PARADO, MONTE SEU COMBO
    MONTAR MEU COMBO