Blog

AS ÚLTIMAS NOVIDADES E O MUNDO DOS NEGÓCIOS

15 de fevereiro de 2019
por Office Inn em Geral

Os hábitos das pessoas altamente confiantes

Sofrer de falta de autoconfiança gera um tipo de sofrimento que pode impedir diversas realizações na vida pessoal e profissional. A insegurança em relação à própria capacidade e opiniões torna pessoas usualmente tímidas, com atitudes defensivas ou até mesmo com uma necessidade excessiva de agradar os outros.

A psicóloga e coach Ligia Rosenstein enumerou alguns dos principais hábitos das pessoas notadamente autoconfiantes. Conheça eles:

Tenha conhecimento das próprias forças e fraquezas

Pessoas autoconfiantes estão frequentemente olhando para si mesmas, fazendo uma “análise SWOT” na cabeça e compreendendo quais suas principais forças, fraquezas, oportunidades e ameaças. Um bom exercício para isso é responder as perguntas abaixo:

O que eu faço bem? O que eu poderia considerar como uma “força” minha hoje?

O que eu não faço tão bem? O que eu poderia considerar como uma “fraqueza” minha hoje?

O que está acontecendo à minha volta que eu posso considerar como oportunidade de crescimento?

O que está acontecendo à minha volta que eu posso considerar como ameaça para o meu desenvolvimento?

A ideia é que essas perguntas sejam respondidas de tempos em tempos, e que as respostas sejam anotadas e comparadas. Esse hábito trará mais consciência sobre si mesmo, ajudando no desenvolvimento da autoconfiança.

Celebre as pequenas conquistas

Pessoas com problema de autoconfiança geralmente têm também o hábito de exigir demais de si mesmas, sem nunca se darem o devido crédito diante de alguma conquista. Concentrar-se em vitórias diárias significa reforçar ações e pensamentos construtivos.

Nem sempre é fácil perceber as próprias vitórias e sucessos, então, um exercício válido é identificar e reconhecer cada pequeno passo. Veja alguns exemplos:

Completei ou fiz um progresso em um projeto.

Consegui dizer não para algo que não valia a pena e parei de fazê-lo.

Cometi um erro mas não deixei que ele estragasse o meu dia.

Tive uma ideia sobre meu próximo projeto de trabalho.

Aceitei a realidade de que algo não poderia ser mudado, conservando minha energia.

Fiz uma pausa e refleti sobre algo antes de agir, em vez de reagir impulsivamente como de costume.

Tive tempo para me exercitar.

Consegui chegar em casa mais cedo para passar um tempo com minha família.

Anotar no celular todas as pequenas conquistas do dia a dia e fazer esse levantamento ao final de cada mês é uma maneira real de perceber todas as vitórias alcançadas e que são esquecidas ao longo do tempo.

Cuide da postura

Nesse exato instante, como está a sua postura? Sentado curvado para frente? Andando de cabeça baixa pela rua? E em uma reunião? Você senta de forma que as pessoas te vejam? Ou se esconde, se encolhe?

Uma postura mais confiante envia mensagens para o cérebro que informam exatamente como você se sente. Além disso, esse tipo de postura também passa a mesma mensagem para as pessoas que estão à sua volta. Se você deseja se sentir confiante, fique de pé, jogue os ombros para trás ou sente-se ereto. E procure sorrir, sempre que possível!

Tenha conversas internas

Pensar e argumentar consigo mesmo é um hábito muito saudável. Ele revela a capacidade de perceber quando se está sofrendo e acreditar que amanhã é um novo dia, e também de se perdoar. Isso não só aumenta a autoestima, como também a motivação e autocontrole.

Não seja impulsivo

Antes de dar sua opinião, faça mais uma pergunta para entender melhor o que está em questão e pensar em uma resposta mais adequada. Observe a si mesmo e a como as pessoas estão reagindo ao que você está dizendo. Releia o e-mail antes de enviar, respire profundamente antes de entrar em uma reunião.

Para ajudar nesse ponto, há diversos aplicativos de “meditação guiada” que ajudam a estar mais centrado, calmo e presente no dia a dia.

Pratique exercícios físicos

Os exercícios têm um efeito poderoso na autoconfiança. Eles liberam endorfinas que trazem um estado de espírito agradável, além, é claro, de promoverem muito mais disposição ao longo do dia. Praticá-los de maneira regular não apenas melhoram o físico, mas ajudam a construir mais autoconfiança a partir da motivação.

Tenha objetivos palpáveis

Ter e progredir em direção a objetivos pessoalmente significativos é a base da autoconfiança saudável. De preferência, que sejam metas específicas, mensuráveis, atingíveis e relevantes.

"Estamos muito satisfeitos com os diversos serviços que atendem as 19 pessoas de nossa equipe. O grande diferencial que vemos no Office Inn é o atendimento, são pessoas muito profissionais e extremamente atenciosas. Respostas rápidas e sem burocracia fazem com que nós nos preocupemos apenas com o negócio da empresa."

Ronei Pasquetto Gomes
INFORMAÇÃO RÁPIDA

Saiba tudo sobre

Espaços e serviços adaptados as suas necessidades

NÃO FIQUE PARADO, MONTE SEU COMBO
MONTAR MEU COMBO