Blog

AS ÚLTIMAS NOVIDADES E O MUNDO DOS NEGÓCIOS

8 de janeiro de 2021
por Office Inn em Negócios

Segmentos mais interessantes para empreender em 2021

Juliana Polippo, do Coworking Brasil – Com tantas possibilidades de negócios em ascensão, pode ser difícil descobrir quais são os setores que vão deslanchar neste ano. Empreender sem pesquisa e análise de dados sobre as tendências do mercado pode ser arriscado.

Veja a seguir alguns dos segmentos que mapeamos como promissores para este ano, principalmente, no que diz respeito ao reflexo do cenário que a pós-pandemia aponta no mundo dos negócios ao redor do mundo.

A sustentabilidade assume o centro das atenções

Cada vez mais, os consumidores estão concentrados na compra de artigos que são produzidos de forma sustentável. Saúde e bem-estar físico e mental ganharam um grau de atenção ainda maior, do que a curva de crescimento dos últimos anos.

Segundo o New Hope, mais de dois terços (65%) dos consumidores querem que seus hábitos de compra tenham impacto positivo sobre o meio ambiente. Sendo esta a principal razão, para que 32% das pessoas comprem artigos produzidos de forma sustentável.

A crescente consciência do impacto coletivo no planeta, tem se mostrado uma boa oportunidade para empreendedores e empresas capazes de demonstrar o seu compromisso com a sustentabilidade, para além do produto final, em relação a padrões responsáveis de aprovisionamento e funcionamento. Tá, mas que tipo de negócio posso abrir, é o que deve estar se perguntando?

  • Entrega de combos, box e/ou pratos saudáveis; bem como, culinária vegana e alimentação orgânica e natural;
  • Cultivo de alimentos orgânicos;
  • Cosméticos veganos, naturais e orgânicos;
  • Geração e transmissão de energia limpa.

Invista em comércio eletrônico

A mudança para o digital não é um fenómeno recente, mas acelerou o ritmo sem precedentes neste último ano, uma vez que as visitas físicas às lojas se tornaram menos seguras, práticas ou em algum caso impossíveis devido a restrições da Covid-19.

Nos dados das Principais tendências empresariais e tecnológicas para 2021 da revista Inc., vemos que os Estados Unidos, possui um comércio eletrônico que representa agora um mercado de 155 mil milhões de dólares, um valor estimado de 6% do total das vendas do varejo.

No Reino Unido, cerca de um terço dos adultos dizem que agora fazem regularmente compras de alimentos online; o mesmo acontece na Alemanha para o vestuário. No Brasil, a Ebit|Nielsen aponta que o e-commerce em 2021 deve crescer 26%, com perspectiva de faturar cerca de R$ 110 bilhões e consolidar as lojas e marketplaces.

Não há do que duvidar, este é o momento para quem procura vender produtos online. Se você não tem domínio técnico de desenvolvimento web para montar sua própria loja, conheça o Exchange, o mercado da Shopify para compra e venda de ideias de negócios para empresários como você.

Eles oferecem websites já em funcionamento, que podem ser adquiridos e impulsionados em termos de design, marketing de conteúdo, SEO e outras táticas para aumentar as vendas e lucros. Há bastantes lugares onde se pode comprar e vender websites para ter lucro. E o melhor, quando o site começar a gerar mais receitas do que quando o adquiriu, pode listá-lo novamente para venda com valor maior no mercado.

Dropshipping

Caso você não tenha capital para comprar e armazenar mercadorias ou adquirir sua loja virtual, considere realizar apenas a entrega. O termo inglês dropshipping, corresponde ao modelo de negócio, no qual não se tem de produzir ou estocar nenhum produto físico.

Tudo o que tem de fazer é estabelecer parcerias que estejam prontas para vender, armazenar e embalar, enquanto você se ocupa de entregar as encomendas aos clientes deles. Neste caso, o seu papel será prestar serviços profissionais relacionados às necessidade de logísticas mais eficientes das lojas online e físicas.

Educação online

É de conhecimento de todos que 190 países obrigaram, a dada altura da pandemia, que centros de ensino de todos os níveis tivessem suas aulas presenciais suspensas, afetando quase 1,6 mil milhões de pessoas a nível mundial.

Ainda que o formato ‘live’ tenha avançado rápido e dominado os canais digitais, escolas, universidades e centros de treinamento ainda têm muito o que produzir para conseguir transformar suas aulas presenciais em cursos online, através de videoconferência. Muitas instituições já estão incorporando a cultura híbrida de ensino, onde a presença do aluno pode ser facultativa em sala de aula com eventos agendados para o cumprimento do currículo, mesmo depois de tudo voltar ao normal.

Se você tem habilidades com audiovisual ou já possui uma produtora de vídeo, experimente prospectar instituições que necessitam de suporte para expandir suas atividades EAD.

Agora, se você for um especialista em artes, matemática ou outro assunto, pode iniciar sua carreira de tutoria online. Para obter os melhores resultados, monte um infoproduto para ensinar algumas disciplinas relacionadas com a sua área de especialização.

Compartilhar as suas competências e conhecimentos construtivos pode proporcionar uma boa experiência de aprendizagem. Disponibilizar seu curso em plataformas como Hotmart, Coursera e Udemy, pode ampliar sua rede de alunos, além de facilitar o acesso e interação com os seus alunos, do que apenas utilizar Skype, Zoom ou Youtube para este tipo de transmissão.

"Estamos muito satisfeitos com os diversos serviços que atendem as 19 pessoas de nossa equipe. O grande diferencial que vemos no Office Inn é o atendimento, são pessoas muito profissionais e extremamente atenciosas. Respostas rápidas e sem burocracia fazem com que nós nos preocupemos apenas com o negócio da empresa."

Ronei Pasquetto Gomes
INFORMAÇÃO RÁPIDA

Saiba tudo sobre


    Espaços e serviços adaptados as suas necessidades

    NÃO FIQUE PARADO, MONTE SEU COMBO
    MONTAR MEU COMBO